Deixa o seu like na Página


Centenas de crianças estudam ao relento

Wilton António

Centenas de crianças estudam ao relento

Centenas de alunos do primeiro e segundo ciclos do ensino primário e do segundo do ensino secundário estudam debaixo de árvores por falta de salas de aula, reconheceu o chefe da repartição municipal da Educação no Cuemba (Bié).

Jeremias Vihemba acrescentou que, além das crianças estudarem debaixo de árvores, o município tem cerca de duas mil crianças fora do sistema de ensino, por escassez de escolas e professores.

Jeremias Vihemba disse haver muitas crianças em idade escolar a percorrer longas distâncias entre as aldeias para chegar à escola, facto que dificulta o interesse dos alunos pelas aulas. A repartição do Cuemba possui 50 escolas de construção definitiva e outras de materiais rudimentares.
Segundo o responsável da Educação, “o município necessita de mil professores, para responder a necessida-de existente, principalmente nas comunas do Luando e Sachinemuna”. Em relação ao absentismo escolar, disse que “os professores mar-cam a sua presença diária nas escolas”.
“A estrada nacional número 250, que liga o Cuito ao Cuemba, está interditada e os professores que residem fora do município têm o comboio como único meio de transporte”, explicou.

Enviar um comentário

0 Comentários