Deixa o seu like na Página


Carlos Pinhos deixa a coligação Casa-se

Carlos Pinhos deixa a coligação Casa-se

Wilton António
Fonte:Jornal de Angola

Carlos Pinho, um dos candidatos à liderança da CASA-CE no II Congresso Ordinário, realizado em Setembro de 2016, anunciou, quinta-feira, a sua desvinculação da coligação, com a justificação de que decidiu "abrir uma diferente etapa" da sua participação cívica.

Carlos Pinho Fotografia: Angop
Em comunicado, o jovem político diz ter sido completada uma etapa no processo da evolução democrática do país que resultou na evolução do paradigma sociopolítico da sociedade angolana.
José Carlos Bessa Pinho foi um dos candidatos derrotados no II Congresso Ordinário da CASA-CE, que tinha confirmado Abel Chivukuvuku na liderança da coligação. Outro derrotado foi João Kalupeteka. 
Desde que Abel Chivukuvuku foi afastado da lideran-ça da CASA-CE, em Fevereiro deste ano, por alegada perda de confiança política, assiste-se, quase em todo o país, ao abandono de militantes, so-bretudo os que estavam na coligação na condição de in-dependentes, como era o caso do ex-líder.
A CASA-CE é agora liderada pelo ainda presidente do grupo parlamentar, André Mendes de Carvalho, que na quinta-feira orientou um acto político para saudar o 7º aniversário da coligação.
Terceira maior força política no país, depois do MPLA e da UNITA, a CASA-CE foi fundada a 3 de Abril de 2012, quatro meses antes das eleições. Tem actualmente 16 deputados à Assembleia Nacional.

Enviar um comentário

0 Comentários