Deixa o seu like na Página


Queima a petrolífera do Soyo

Queima a petrolífera do Soyo


Wilton António
Fonte:Angola24horas

Um incêndio está a consumir desde quinta-feira uma plataforma petrolífera no Soyo, norte de Angola, tendo provocado dois feridos, já hospitalizados, indicou hoje a agência noticiosa angolana Angop, que cita fontes oficiais.

Segundo o Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, com sede em Mbanza Congo, o incidente terá ocorrido na sequência de um "provável vazamento de gás" no Bloco 2 de uma plataforma da Sociedade Petrolífera Angolana (Somoil) no município do Soyo, província do Zaire.

O comunicado da polícia, que não adianta a dimensão do incêndio, adianta que os dois feridos já receberam assistência médica e medicamentosa na Clínica Sagrada Esperança, na cidade do Soyo.

Por seu lado, a Administração Marítima de Angola, citado no documento, está a acompanhar a situação com a disponibilização de rebocadores para a extinção do fogo que, numa primeira avaliação, não provocou qualquer derrame no mar.

A Somoil é uma empresa angolana que atua no segmento de pesquisa, produção e comercialização de petróleo e estabelecida no mercado angolano em 2003, tendo iniciado as operações 'offshore' e 'onshore' em 2009.

Para já, desconhecem-se mais informações.

O município do Soyo situa-se 475 quilómetros a norte de Luanda e 310 quilómetros a noroeste de Mbanza Congo, capital da província do Zaire.

Enviar um comentário

0 Comentários